Categoria: Default

Softwares antigos: piratear ou esquecer?

Alguns sites guardam, ainda que ilegalmente, diversos programas que fizeram sucesso no passado Por onde anda o Lemmings, aquele jogo para DOS que hipnotizou uma geração no início dos anos 90? Quem se lembra do SimCity 2000, que impressionou pelos gráficos avançados na missão de comandar uma cidade? E como seria navegar de novo pelo Netscape, o browser pelo qual muitos de nós acessamos a internet pela primeira vez? Softwares antigos carregam uma memória sentimental. E existem alguns baús na internet dedicados a preservar – mesmo que ilegalmente – tesouros da computação que fizeram história. Os sites não aparecem no topo da busca do Google, mas mantêm arquivos preciosos de milhares de “abandonwares”, como são chamados os programas e games vintage abandonados. Reprodução

SimCity 2000 foi um marco por causa dos gráficos avançados

Emulador

Para jogar games antigos, é preciso instalar emuladores. Saiba como fazer: Simular Para rodar os games antigos mecionados nesta reportagem, é preciso simular o ambiente original deles – o MS-DOS – com um emulador. O mais conhecido é o DOSBox Prepare Baixe o emulador no DOSBox.com e instale-o. Ele roda em Windows, Mac e Linux Regressey O emulador recria o DOS exatamente como antigamente: digite o comando e rode o game No celular O DOSBox tem versões que rodam até no Android Onde encontrarMyAbandonware.com tem jogos como California Games, Doom, SimCity 2000, Flight Simulator 1. O Vetusware.com tem works 1.05, Netscape 3, Windows 1.01, Fantavision, Nibbles. O conceito é difuso. Quan­­do um software fica obsoleto, o fabricante pode continuar o desenvolvimento, deixando para trás versões mais antigas, ou simplesmente abandoná-lo. Se o interesse comercial desaparece, o software cai em um limbo que o impede de ser vendido e distribuído por causa dos direitos autorais. Vira Abandonware. O termo abandonware não é unânime – há quem prefira “tecnologia órfã”, que classifica os produtos e plataformas abandonados pelos desenvolvedores. Um dos maiores sites dedicados aos games vintage é o MyAbandonware. O criador do site, o francês Baptiste Bernard, abriu seu primeiro site dedicado a games antigos em 2002, que depois foi fechado. Até que, em 2009, quando criou sua empresa, Bernard resolveu estender um braço dela dedicado ao abandonware. “O objetivo é oferecer a todos uma maneira de jogar de novo o game da infância e de manter disponíveis online o máximo de games raros e obscuros”, disse Bernard à reportagem. Só o MyAbandonware tem mais de quatro mil games distribuídos gratuitamente. Em geral, os fóruns – sempre descompromissados com a estética – oferecem jogos de várias épocas, versões antigas e softwares raros para preservar a computação vintage. Há dezenas deles pela web, incluindo brasileiros. “Eu me chateava muito com o fato de as empresas tirarem esses ótimos jogos do mercado”, diz Rafael V., administrador dos sites Abandoneer e o AbandonwareRing (ele prefere não se identificar por temer acusações de pirataria). “As empresas tornavam impossível comprar os jogos e não davam suporte para quem já havia comprado”, diz. Os downloads independentes ajudavam entusiastas a contornar a restrição. “A Microsoft matou o DOS lá pelo fim dos anos 90, e isso aumentou a dificuldade de jogar games velhos. E o abandonware ganhou mais força ainda.” Proibido A rigor, tudo isso é pirataria. “O abandonware não existe legalmente falando, é ilegal”, diz Bernard. No Brasil os softwares têm um prazo de proteção de 50 anos depois de sua criação. “Esse prazo é ridículo. Nenhum software produzido hoje continuará a ser comercializado daqui a 50 anos”, opina Sérgio Branco, pesquisador do Centro de Tecnologia e Sociedade da FGV-RJ. A lei criminaliza quem baixa e pessoas que divulgam os programas. Bernard nunca teve problemas com advogados, mas várias empresas já entraram em contato para pedir a remoção de certos games. “Todo pedido que recebemos de um dono legítimo é cumprido em 48 horas”, diz. Preservação Nos EUA, o Internet Archive contornou o problema. O projeto, dedicado a preservar a memória da internet e criar uma biblioteca pública online de obras digitalizadas, fez o governo abrir seis exceções na lei de copyright.

O Que é Sistema Operacional CP/M

CP/M Abreviatura de Control Program for Microprocessors (Programa de controlo de microprocessadores), uma linha de sistemas operativos. Criado pela empresa Digital Research Corporation, nos inícios dos anos 70, o CP/M foi um dos primeiros sistemas operativos para computadores pessoais. O primeiro sistema, CP/M-80, foi o mais popular para computadores com processadores 8080 e Z80; a empresa desenvolveu também o CP/M-86 para os 8086 e 8088, o CP/M-Z8000, e o CP/M-68K para os Motorola 68000.

Sistema Operacional CP/M

Contudo, a Digital Research Corporation cometeu um erro estratégico ao não concordar em produzir um sistema operativo para o primeiro computador pessoal da IBM, que entretanto chegou a acordo com a Microsoft Corporation, que desenvolveu o MS-DOS.Em meados da década de 80 o MS-DOS tinha-se tornado já o sistema operativo standard para os computadores pessoais compatíveis com a IBM, e o CP/M tornou-se obsoleto.

Segurança nas redes sociais

Mike Skyba

Segurança nas redes sociais Está a preparar-se para partir finalmente para aquela longa viagem pela Europa? Quer que o mundo saiba? Então vá à sua rede social preferida e atualize o seu estado para mostrar o seu contentamento.

Segurança nas redes sociais

“O João está entusiasmadíssimo com a viagem…” espere! Contar que vai viajar é como colocar um grande sinal luminoso a dizer “roubem-me, não vou estar em casa e não vou descobrir que o fizeram durante algumas semanas. Divirtam-se!” Apesar de as redes sociais serem uma excelente forma de se manter em contacto com familiares e amigos, , também podem ser utilizadas com fins negativos. Eis algumas sugestões que poderá seguir para se sentir mais seguro na sua rede social.

  1. Seja discreto: Tenha cuidado com o que publica na sua página de perfil, em fóruns, em mensagens instantâneas ou em qualquer forma de comunicação eletrónica, para impedir possíveis roubos de identidade ou outros tipos de ameaças. Informações como o seu nome, morada, número de telefone, data de nascimento, etc… são detalhes que deve evitar expor completamente. Seja mais genérico nas suas publicações/informações para dificultar a vida a alguém que possa querer utilizar essas informações contra si.
  2. O ceticismo é seu amigo: Apesar de as redes sociais terem toneladas de informações úteis e inúteis, é importante que mantenha um nível elevado de ceticismo. Por vezes, as pessoas mentem porque têm algo a ganhar com isso ou dizem asneiras por pura ignorância.
  3. Pense antes de se expressar: Não seja esse tipo de pessoa. Mesmo que a Internet assegure um pequeno nível de anonimato, isto não significa que não se venha a arrepender futuramente de coisas que tenha publicado. Isto inclui obscenidades, insultos ou declarações feitas de cabeça quente. Seja calmo, seja profissional. Basta pensar antes de escrever.
  4. O profissionalismo é seu amigo: Publicar imagens nas redes sociais é divertido e pode ser revelador. Por vezes, é demasiado revelador. E, por vezes, é mais revelador do que pensava inicialmente. Antes de publicar uma fotografia sua dos tempos de universidade, em que aparece a beber uma grande caneca de cerveja, lembre-se de que um futuro empregador pode ver essa fotografia e pensar duas vezes antes de o contratar. Até o/a homem/mulher dos seus sonhos pode ficar com uma ideia errada sobre si. Seja profissional, vista-se bem e, obviamente, não se dispa.
  5. Seja vigilante – Lembra-se dos bons velhos tempos dos chats do IRC? (Se não se lembrar, vou sentir-me velho). Já alguma vez pensou se aquela pessoa com quem está a falar é realmente quem diz ser? Quantas vezes é que já ouviu esta história: Um homem pensa que está a falar com uma bela mulher de 20 e poucos anos quando, na realidade, está a falar com outro homem cuja única intenção é obter informações pessoais para as utilizar contra ele. Resumindo, as pessoas nem sempre são aquilo que parecem. Até que consiga verificar aquilo que lhe estão a contar, nunca revele informações pessoais, financeiras ou profissionais.
  6. Verifique as suas definições de privacidade: Por vezes, as redes sociais permitem que outras pessoas vejam as suas informações, mesmo que não sejam seus “amigos”. No entanto, pode alterar as regras e definições de segurança ao seu gosto. Ao contrário do Contrato de Licença do Utilizador Final , que habitualmente lemos na diagonal quando instalamos um programa, é boa ideia dedicar algum tempo às definições de privacidade da sua rede social. Defina com clareza aquilo que o site fará com as suas informações, etc…

Novamente, as redes sociais são uma excelente ferramenta para se manter em contacto com as pessoas, e ter consciência do conteúdo que disponibiliza pode ser muito útil para manter as suas informações privadas e seguras.  

Brincadeiras “Secretas” do Google

Existem diversas brincadeiras (conhecidas como Easter Eggs) escondidas no motor de busca Google. Hoje convidamos o leitor a experimentar essas brincadeiras. Dica: Não se esqueça de partilhar este artigo com os seus amigos clicando no ícone do Facebook, ou clicando no botão “Google +1”. Obrigado. 1. Já encontrou um político honesto? Não? O Google também não. No motor de busca digite politico honesto e em seguida clique em “Estou com Sorte”. Surgirá uma página com a mensagem “O politico honesto não pode ser encontrado”, tal como já suspeitávamos.

2. Jogo secreto no YouTube – O YouTube (propriedade Google) possui um jogo secreto (Snake). O jogo não requer instalação e poderá ser jogado diretamente na janela do vídeo. Veja como ativar o jogo aqui: Jogo Secreto do YouTube. 3. Encontrar o Chuck Norris

Google Easter Eggs

No motor de busca digite find chuck norris e em seguida clique em “Estou com Sorte”. Surgirá uma mensagem “O Google não vai procurar por Chuck Norris porque sabe que você não encontra Chuck Norris, ele encontra você” (tradução). 4. Jogo escondido no Google (Parte 1). Divirta-se com um jogo que corre diretamente no navegador. No motor de busca digite google easter eggs e em seguida clique em “Estou com Sorte”. O objetivo é apanhar os ovos e formar a palavra “Google”. 5. Jogo escondido no Google (Parte 2) O Google possui ainda um segundo jogo, bastante divertido, o zerg rush. Para ativar o jogo basta digitar zerg rush no motor de busca google e tentar eliminar as letras “o”, antes que todos os resultados de pesquisa sejam eliminados. É um jogo a não perder. 6. Google em versão espelho. No motor de busca digite elgoog (Google invertido) e em seguida clique em “Estou com Sorte”. 7. Google versão “black”. No motor de busca digite google black e em seguida clique em “Estou com Sorte”. Transforma o fundo do motor de busca em preto. 8. Simulador de voo Google Earth. Possui o Google Earth? Então experimente o simulador de voo pressionando CTRL+ALT+A. 9. Google Tradutor a cantar Digite Googleokê no Google e clique em “estou com sorte” Prepara-se para ouvir os grandes sucessos musicais cantados pelo Google Tradutor. Muito Divertido. 10. Visite as instalações do Google Faça uma visita às instalações da Google (GooglePlex), utilizando o serviço Google Street View. Para isso, clique no seguinte atalho – GooglePlex. Brincadeiras do Google enviadas pelos leitores do SafePC Tuga: Digite no Google Do a barrel roll – a sua tela irá dar uma volta de 360º graus. Digite Tilt (ou Askew) – A tela fica levemente inclinada. Digite Google Gravity e clique em “estou com sorte”. Digite Google Guitar e clique em “estou com sorte” – Surgirá a “famosa” guitarra do Google.

brincadeiras google estou com sorte

Digite no Google Answer to life, the universe and everything – A resposta para tudo segundo o Google (e os cientistas) é 42.  

Abraços, Ranieri Marinho de Souza Segurança da Informação http://blog.segr.com.br/